Primeiras impressões

A primeira vez que eu ouvi falar no projeto foi lá pelo 9° ano. Logo que me falaram que o estudo do meio seria pra São Paulo, eu fiquei completamente frustrada, já que para mim era uma perda de tempo ter uma “viagem”, para o lugar em que eu já morava desde sempre, além do que, Estudo do Meio não era a viagem de horas no ônibus (a parte mais legal) com um caderninho de viagem? Por que São Paulo?

As opiniões daqueles que já haviam ido eram variadas, alguns diziam que era incrível, outros que era chato, então eu já não sabia o que pensar, mas ano passado eu me preocupei muito pouco com isso.

Só esse ano essa visão começou a mudar, desde praticamente o primeiro dia de aula todos os professores começaram a mencionar o Móbile na Metrópole, o que foi fazendo a minha curiosidade crescer cada vez mais, então logo que ele realmente foi apresentado e eu vi o vídeo do projeto do ano passado, eu já estava super animada, afinal, conheceríamos de fato a cidade em que vivemos, algo que eu nunca me dei ao trabalho de fazer antes, quebrando toda a visão de um lugar “feio e violento”. Até o blog, que eu não tinha gostado muito no início, acabou sendo motivo de animação!!

Eu tenho certeza que vai ser um projeto maravilhoso. Além do que, se nos deixarmos levar realmente por essa experiência, todos nós vamos conseguir pouco a pouco entender mais sobre a cidade e mostrar que em todo lugar existe beleza, afinal, “há flores em todos os lugares para aqueles que querem vê-las” (Henri Matisse).

Ana

Anúncios

4 comentários sobre “Primeiras impressões

  1. Oi Analu,

    fiquei feliz em encontrar alguém com a mesma opinião que eu sobre o começo do projeto, a única diferença é que eu ouvi falar só esse ano. Eu acho sim que a visão da nossa cidade é estereotipada mas eu tenho uma breve noção de como é. Com certeza, eu e você, vamos encontrar essas cores na cidade porque:

    ”Uma flor nasceu na rua!
    Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego.
    Uma flor ainda desbotada
    ilude a polícia, rompe o asfalto.
    Façam completo silêncio, paralisem os negócios,
    garanto que uma flor nasceu.
    (…)
    É feia. Mas é uma flor. Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio.”

    beijos 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s