Bicicleta em São Paulo?

Oi! Como vocês sabem, o grupo 4 andou de bicicleta no terceiro dia do Estudo do Meio, então eu e a Malú (vale a pena conferir o blog dela, sério), as duas desse grupo, decidimos fazer um vídeo com a Teresa, que usa a bicicleta como meio de transporte, e com algumas pessoas que andaram de bike em algum dos três dias, pedindo para elas contarem um pouquinho sobre essa experiência, dizendo o que sentiram, esse tipo de coisa. Não somos profissionais nisso de edição, mas esperamos que vocês gostem!!

Bom, indo um pouco mais o que eu senti. Antes do Estudo do Meio, quando eu via alguém usando a bicicleta como meio de transporte eu pensava tipo “nossa, que disposição”, mas isso com certeza mudou muito.  Foi como se eu tivesse descoberto a bicicleta de um jeito novo, não só como “a diversão de domingo”,  fazendo com que ela se tornasse algo tão prazeroso no dia a dia que o cansaço nem era uma coisa que me preocupava.

Eu quase não usava a bicicleta como meio de transporte, só para trajetos muito muito curtos. O medo que os meus pais tinham que eu usasse esse meio de transporte era tão grande que acabou sendo passado para mim.

Mas ele foi quase completamente quebrado. Eu ainda não me sinto 100% segura andando de bicicleta, o impulso de andar pela calçada ainda é muito grande, mas eu estou me acostumando com a ideia de envolvimento com a cidade que a bike proporciona. Isso tem me encantado tanto que eu tenho tentado usá-la mais e até estou pensando em comprar uma para mim (tenho usado a da minha mãe).

São tudo flores? É evidente que não, ainda há uma série de problemas, como dá pra ver na fala da maioria das pessoas no vídeo. Mesmo assim, na minha opinião a bicicleta é uma solução. Para mim, todos os xingamentos, buzinas, olhares raivosos, etc foram compensados pela quantidade enorme de pessoas que vieram conversar e elogiaram a ideia, que filmaram, que sorriam com a gente cantando e que faziam comentários do tipo “nossa, eu deveria perder o medo e começar a andar de bicicleta também”.

Enfim, acho que todo mundo deveria tentar viver isso. Ah, e indo no formato do vídeo, se eu fosse escolher uma palavra para descrever, eu diria único.

Ana

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s