Tempo

“Eu não tenho tempo” é a frase que eu mais tenho ouvido nas últimas semanas. Escola, blog, estudo, lição, trabalhos… eu poderia escrever uma lista gigantesca das coisas que eu tenho que fazer.

Tem estado tudo meio complicado, é muita coisa acontecendo ao mesmo tempo e eu, uma pessoa (meio) distraída não consigo acompanhar nem metade, então acaba tudo ficando pra depois. [Agora, por exemplo, eu deveria estar estudando, mas eu acabei decidindo fazer um post, afinal, nada mais lógico adiar tudo que eu tenho para fazer, certo?]

Nós, ou pelo menos eu, nos preocupamos muito em ser produtivos o tempo todo. O melhor exemplo que eu consigo pensar agora é eu estar escrevendo tudo isso aqui às 21h40 de uma quarta-feira véspera de feriado. Apesar de que não sei se isso seria exatamente ser produtiva, porque apesar de eu amar escrever nesse blog e fazer esse trabalho, às vezes acaba sendo mais importante (não para mim, mas para o desempenho na escola) fazer outras coisas.

O ponto é: está tudo muito complicado, nós temos que filmar o argumento do documentário e editar tudo até sexta que vem, só que o grupo inteiro vai viajar no feriado e, apesar de já termos filmado uma parte considerável, está tudo muito cru ainda. Eu estou no meio de uma total e completa crise sobre o que nós temos até agora e sobre como vamos fazer para terminar (não digo em questão de prazo, mas sim em questão de capricho).

Você pode pensar que eu estou fazendo uma tempestade em um copo d’água, mas a escola está realmente muito complicada. O problema de ter que ser tudo para sexta não é nem o fato de ser daqui uma semana e um pouquinho, mas é que as provas bimestrais (que, caso você não saiba, valem um absurdo da nossa nota do bimestre) vem logo em seguida (a partir do dia 15), então encontrar um tempo para sentar e simplesmente editar o argumento e me dedicar 100% a ele vai ser tão difícil… Fora que eu sou uma pessoa que gosta de tentar deixar as coisas (com as quais eu me importo) bem feitas, então se nós não conseguirmos fazer tudo que queríamos nesse trabalho vai ser muito frustrante.

Acho que isso explica também a minha ausência no blog. Não tenho tido tempo e nem criatividade o suficiente para fazer novos posts e pesquisas, mil desculpas.

Precisava muito descarregar essa preocupação (e estresse) de algum jeito, então esse post foi realmente um desabafo. Agora são 21h55 e eu preciso voltar a fazer alguma coisa da infinita lista, porque não tem como perder tempo, né?

Ana

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s