Sobre as pessoas incríveis que o documentário nos trouxe

Oii, gente!

Então, só para dar uma contextualizada antes de começarmos a nos empolgar demais: esses dias nossos professores nos disseram que o nosso documentário tinha sido um dos escolhidos para passar na Mostra de Arte da escola. Obviamente nós ficamos super animadas! Quando saímos da escola, a primeira coisa que fizemos foi mandar uma mensagem para cada um dos entrevistados convidando-os para assistir ao documentário conosco, até porque, como os professores disseram que nós não podíamos divulgá-lo ainda, há vários meses não dávamos notícias sobre o andamento da situação.

Depois de contar todos os detalhes sobre o que aconteceria, a primeira a ver a mensagem foi a Gabi (se você não sabe quem é essa, dá uma olhada aqui). Ela respondeu no mesmo segundo tão empolgada quanto nós e foi um momento tão tão tão feliz!

Por N motivos aquele dia não tinha sido exatamente o melhor dia de todos, mas, de repente, tudo ficou um pouquinho mais agradável!

A segunda a responder foi a Ryane (post sobre ela aqui). Ela, infelizmente, não vai poder estar lá com a gente, porque ela vai estar dando aula bem nesse horário. A Camila (post sobre ela aqui) foi a terceira e também não poderá aparecer lá no dia, porque ela vai estar em uma exposição dos seus lindos produtos (dá uma conferida no Facebook ou no Instagram dela). Ficamos tristes com isso, já que estávamos ansiosas para vê-las novamente e mais ansiosas ainda para ver a reação delas ao nosso documentário.

Mas, mesmo assim, as mensagens que elas nos mandaram foram tão positivas quanto as da Gabi. Ficaram incrivelmente animadas quando souberam que nosso projeto tinha sido selecionado e fizeram questão de mandar parabéns e mostrar a vontade delas de ver o documentário junto com a gente. Estamos até pensando em fazer uma sessão pipoca em algum lugar para concretizar isso. Vai ser um momento lindo, tanto para nós quanto para elas. Não conseguimos pensar em um fechamento melhor para esse projeto do que esse.

O ponto é: ver essa empolgação toda vinda dela fez com que nós nos lembrássemos do quão incrível foi conhecer as pessoas que a gente conheceu e fazer tudo o que nós fizemos. Deu para lembrar a sensação boa que era obter uma resposta de um dos entrevistados pela primeira vez, sempre elogiando e achando incrível que pessoas de 16 anos já estivessem fazendo documentários e tratando de temas como as intervenções.

Acho que deu pra ver de novo o que tinha feito com que nós ficássemos tão felizes com todo esse projeto! E, mais do que isso, deu pra enxergar que tudo valeu a pena. Os longos dias editando, fazendo posts, pesquisando, tendo ideias… tudo!

É um sentimento de gratidão enorme e que só aumenta graças a essas pessoas incríveis que fizeram isso tudo possível.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s