Projeto Pipa

Essa semana apareceu algo sobre o artista Tec no meu Facebook e, como eu achei interessante, decidi compartilhar aqui!

Tec nasceu em Córdoba, na Argentina, mas vive hoje em São Paulo. Seu primeiro contato com a arte foi aos 15 anos, quando se mudou para Buenos Aires e começou a pintar as paredes das ruas da cidade, promovendo sua banda de rock. A partir disso, passou a criar diversos desenhos dialogando com diversos universos. Depois de entrar na faculdade de desenho gráfico na Universidade de Buenos Aires, juntou-se, em 2000, ao coletivo artístico FASE, que ocupa as ruas com intervenções artísticas, que vão desde lambe-lambe e stencil até pinturas com rolo, algo inusitado nas ruas portenhas. Fase representou, em 2005, a Argentina no festival de Cinema de Berlin com um curta-metragem, que acabou fazendo parte do conteúdo audiovisual do mundial de futebol da Alemanha em 2006.

Em SP, ele costuma fazer intervenções urbanas no asfalto, como os bichos (lagartixas, ratos e peixes) pintados em ruas, e seu trabalho mais recente envolve a ideia produzir imagens a partir das drones, simulando o voo de pipas. O chamado Projeto Pipa é composto por uma série de pequenos vídeos feitos por essas aeronaves mostrando desenhos que fez em ladeiras do bairro de Americanópolis, em São Paulo.

“Quis fazer a filmagem dos drones saindo do chão para então conseguir mostrar o trabalho, porque assim conseguiria remeter ao processo que a pipa também faz antes de alcançar grandes alturas”, disse Tec.

A exposição do Projeto Pipa estreou dia 11 de abril no Instituto Eduqativo da galeria Choque Cultural e conta com as filmagens produzidas pelo drone, uma série de fotografias das pipas e um documentário sobre o processo de trabalho.

Um pouco do trabalho de Tec (foto: http://choquecultural.com.br/en/tec/)

Informações

Datas: 11/04/15 – 30/05/15

Horário: terça a sábado, das 11h às 18h

Preço: entrada livre

Endereço: Eduqativo-Instituto Choque Cultural (Rua Capitão Salomão, 26, 1º andar)

Ana

Anúncios